Páginas

Sobre a paternidade

|
Definitivamente, a ficha da paternidade, para alguns homens, demora a cair. No meu caso, pelo menos, foi assim. Após 3 anos de casados, decidimos (juntos) que queríamos ter um bebê. Foi uma decisão tomada com cautela, porque sempre fomos um casal que adorou sair pra balada, fazer festa em casa, viajar pelo mundo...enfim, gostávamos mesmo de aproveitar a vida de casados e sem filhos. Quando resolvemos que era a hora de eu parar de tomar a pílula, passamos a nos divertir com o período fértil...era em casa, na hora do almoço, fiz váááárias visitas à empresa dele, e, foi assim até eu engravidar 6 meses depois. Quando eu dei a noticia de que estava grávida, meu marido, ao contrário de tudo aquilo que sonhei, ficou apavorado, tanto que nem consegui ver em seus olhos qualquer brilho de comemoração. Ele ficou com medo de que nossa vida fosse cair numa rotina e que nosso casamento esfriaria. Confesso que foi um período muito difícil pra mim, já que eu tinha elaborado na minha cabeça uma recepção bem diferente. Quando nosso filho nasceu é que as coisas começaram a fazer algum sentido pro meu marido. O primeiro banho foi ele quem deu, eu pedia sempre pra ele colocar o bebê para arrotar, trocávamos fraldas juntos, tudo isso numa tentativa de fazê-lo enxergar que, apesar de diferente, nossa vida podia ser maravilhosa. E, aos poucos, foi isso mesmo que aconteceu. O pavor de um casamento enfadonho e morno foi embora. O amor pelo nosso filho passou a ser tão grande que ele se arrepende dos momentos em que pensou que não seria bom. Continuamos a fazer programações a dois, só que agora com um plus de chegar em casa e termos o maior amor do mundo nos esperando! Acabei, então, constatando que aquela história de que só se é pai quando o bebê nasce, ser a mais pura das verdades! E eu me emociono todos os dias quando os vejo juntos, rindo e brincando na maior cumplicidade!


2 comentários:

  1. ANDREZZA GUIMARAES11 de agosto de 2012 21:41

    Menina acho que esses papais são iguais mesmo. Nosso bebe foi muito desejado pelos dois mais quando foi confirmado que eu estava gravida ficamos desesperados rsrsrs e pensei que estava preparada mais tentei fazer de tudo para ele participar de toda a gravidez... todas as US para ficar bem pertinho do filhotinho, mais a emoção mesmo foi quando meu pequeno nasceu os dias em que passei na maternidade ele não dormiu passava a noite sentado ao lado do berço do bb olhando e tocando para ver se estava tudo bem com ele. Foi ai que descobri que ele seria o melhor pai do mundo e esta sendo até hj e fico muito feliz com isso !!!

    ResponderExcluir
  2. Ahahahahaha..eles funcionam diferente!! É só uma questão de tempo mesmo!!

    ResponderExcluir

Palpite à vontade

Layout por Xiricutico.blogspot.com para uso exclusivo de Myriam. Proibida a cópia!
Tecnologia Blogger