Páginas

Comemorando o amor

|
É certo que atualmente as datas comemorativas viraram extremamente comerciais. Para onde quer que olhemos, a publicidade está lá, forçando-nos a comprar uma "lembrancinha" para celebrar o dia. É assim no dia das mães, dos pais, fim de ano, e, claro, no dia dos namorados. Acontece que, presentinhos à parte, relacionamentos não podem esperar somente datas comemorativas para serem lembrados e celebrados. E não falo apenas do relacionamento apaixonado e carnal. Falo também das relações entre amigos, entre pais e filhos etc. Relacionamento para ser durável, há que ser cultivado, SEMPRE. Não há amor que resista ao descaso, ao esquecimento, ao desinteresse. Aquela frase, "quem não é visto, não é lembrado", é muito verdadeira. Se alguém que era tão importante na nossa vida, passa a se fazer ausente, em algum tempo, não fará mais falta. O tempo é muito amigo quando a gente quer que aquela mágoa ou aquela dor passe logo, mas, também pode ser cruel porque cicatriza até a saudade. Não há conquista sem esforço, se quisermos por perto quem a gente preza. Amar e ser amado dá trabalho. E em tempos de tanta tecnologia, às vezes uma mensagem carinhosa ao longo do dia, aquece o coração de quem recebe aquelas palavras inesperadamente. Sei que depois que temos filhos, a falta de tempo é uma desculpa pra tudo. E, desde já, peço desculpas se não consegui me fazer presente tanto quanto eu gostaria na vida de pessoas que são muito importantes para mim. Mas, saibam que vocês estão em meu pensamento sempre. A agenda moderna está muito apertada de obrigações. Os encontros casuais foram substituídos por agendamento no celular com meses de antecedência. Uma tarde com as amigas é a coisa mais dificil de acontecer, afinal, unir 4 ou 5 pessoas na mesma data e horario, quando tem natação do fulano, futebol do beltrano, aniversário de 1 ano do sicrano, fora todas as viroses é tarefa para FBI nenhum botar defeito. E a mesma coisa acontece com a vida do casal; que tem que driblar além do imenso cansaço, a falta de ter com quem deixar as crianças por 2 ou 3 míseras horas para curtir um cinema ou um jantar a dois.
Ainda assim, acredito que sempre é possível "regar" as relações que nos são caras de verdade. Aquelas sem a qual a vida não é tão colorida, o sol nem brilha tanto e o tempo é angustiante demais para se passar sem elas. Hoje o dia é dos namorados, mas, prefiro brindar o amor, seja ele qual for.


12 comentários:

  1. Vamos amar bastante sempre! Love you!

    ResponderExcluir
  2. Myriam, eu tbm acho que dá para driblar todo o cansaço, a falta de tempo, a falta de querer, quando estamos a fim e dispostos a estar junto de quem amamos, tanto para amigos quanto para pais, maridos, filhos...

    É preciso dedicação. Sempre.

    Beijo grande, bom dia para vcs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso, Dani!! Dedicação é a palavra-chave!! Bjssss

      Excluir
  3. Acho que era mais ou menos isso que eu queria dizer hoje!!!

    ResponderExcluir
  4. Nossa você falou uma coisa que eu vinha pensando a muito tempo e não conseguia verbalizar mas é isso a publicidade nos obriga a comprar lembrancinhas nas datas pré-definidas e lá vai todo mundo se apertar no shopping ou no cartão para comprar. Tenho achado as datas cada vez mais chatas, rs.
    E tbm concordo quando disse que quem não é visto, não é lembrado. Não precisamos de datas especiais para nos relacionar, para regar nossas relações :)
    Bjus

    Rafa
    Rafaelando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Rafa! Não precisamos de datas pra cuidar de quem amamos, não é mesmo?! Bjsss

      Excluir
  5. Ahhh que lindo Myriam... também sou a favor de cultivar a relação. Temos que regar todos os dias para que floresçam novas flores, amores e alegrias. Não é mesmo? Sempre uma via de mão dupla... gosto disso, mas de qualquer forma faço sem olhar para quem... procuro alimentar, mostrar gestos carinhosos.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom dazer o bem sem olhar a quem!! A gente só tem a ganhar, né?! Bjs, bjs!!

      Excluir
  6. Incrível como é que ainda não exista o dia do amor...acho que, sei lá, deve ser porque ao dividir o amor em dia dos namorados, dos pais, das mães, das crianças, o lucro é maior é?
    Eu tô meio chateada com o meu blogspot que não anda atualizando os seus textos novos. O último que aparece na minha lista é o mini conto dos tons de cinza...
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também que o dia do amor faria bem mais sentido!!! E eu também não sei porque não está atualizando!! A Dani me disse a mesma coisa...poxa...

      Excluir

Palpite à vontade

Layout por Xiricutico.blogspot.com para uso exclusivo de Myriam. Proibida a cópia!
Tecnologia Blogger