Páginas

Preparação para o parto

|


 As 38 semanas chegaram e o dia D agora se aproxima. Definitivamente, nenhuma gravidez é igual a outra. Quando me falavam isso, eu não acreditava, mas tinham razão. A experiência que tive nesta segunda gestação foi completamente diferente da primeira. Desde o primeiro trimestre pude diferenciar uma gestação da outra. Enquanto na do Dan eu senti muito sono e um enorme cansaço nas pernas, nesta, além do sono, tive muuuito enjoo, que só foi melhorar na 14ª ou na 15ª semana. No segundo trimestre, apesar de eu me sentir bem mais disposta e sem os enjoos, não tive taaaanta energia quanto na primeira gestação. Mas acredito que isso se deveu pelo fato de tendo um filho de 4 anos em casa, descansar foi algo raro e por isso eu passei a gravidez inteira me sentindo muito cansada. Quando o terceiro trimestre chegou, senti um grande impacto em relação à primeira experiência. O bebê 2 é maior e mais gordinho, logo, minha coluna está em frangalhos. A parte muito boa foi que eu não tive qualquer episodio de infecção urinária nesta gravidez, ao contrário da primeira em que tive desde as 24 semanas infecções que eu não conseguia controlar nem fazendo uso dos antibióticos. Dan acabou nascendo com pouco mais de 37 semanas, com baixo peso e dificuldade respiratória, tanto que ficou na UTI por 36h.
 Outra grande diferença foi quanto à preparação para o parto em si. Como eu fiquei muito frustrada por não ter conseguido o parto normal da primeira vez, resolvi que nesta gravidez eu teria uma outra experiência. Por isso, fiz escolhas diferentes: mudei a equipe médica, fui atrás da ioga para grávidas para preparar meu corpo para o trabalho de parto, li mais, aprendi a conhecer mais meu corpo, comecei a massagem perineal na 36ª semana, a hidroginástica foi até quase 37 semanas, drenagem para evitar o inchaço de 2 a 3 vezes por semana, além de um enorme empoderamento fruto da leitura e da companhia de outras mulheres lindas e que caminham no mesmo propósito.
 Como não cheguei as 38 semanas na gravidez do primeiro filho, estou vivendo a minha primeira vez a partir de agora. As contrações de treinamento estão cada vez mais fortes, a pressão na região pélvica é grande, ou seja, o corpo está sinalizando de que o grande encontro se aproxima. As noites tem sido longas e cansativas, pois levanto pelo menos 4 vezes para ir ao banheiro, logo, um grande preparo pra fase de amamentação que está pra chegar!
 Eu me sinto em clima de despedida: quero mais tempo para descansar, para curtir o filho mais velho, sair com o marido, arrumar pendências. Tudo isso em meio a uma imensa ansiedade de conhecer logo quem está aqui dentro e remexe tanto com o meu corpo. Quero pegar nas suas mãozinhas, cheirar aquele cheiro que só os recém nascidos tem, derramar muito leite, sentir aquele misto de cansaço/desespero/alegria que só o puerpério nos permite sentir, porque como já dizia a música: "só as mães são felizes".


10 comentários:

  1. Ai que ansiedade deliciosa! Me dá até vontade de ter outro bebê.... Que vc tenha uma boa hora e que seu bebê venha cheio de sáude, completando a alegria do seu lar! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Syl!!! Que assim seja!! Bjo grande!!!

      Excluir
  2. Emoções a mil por aí...É uma ansiedade gostosa, né?!
    Continue curtindo esse clima e que teu parto seja um momento iluminado e ocorra como você está almejando. E que seu bebê venha com muita saúde!!
    Beijos,
    Larissa Andrade.

    ResponderExcluir
  3. Fiquei emocionada enquanto lia. É um momento mágico e lindo demais nas nossas vidas. Muita saúde para você e seu bebê e que o parto seja da melhor maneira para ambos. Muito amor pra vcs 4!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Rafa! É só o que desejo! O que for melhor para ambos!! Bjão!!

      Excluir
  4. Myriam, se eu te disser que eu estou mais ansiosa pelo seu parto que pelo meu, você acredita? Rs! É porque eu adoro ler seu blog, me identifico demais com o que você escreve e fico tocada da forma que você já descreveu como foi a primeira gravidez, parto e amamentação. To rezando por você!
    Acho que perderei a notícia do nascimento, porque estarei viajando por duas semanas. Mas vou checando quando der pra saber!
    Grande beijo!
    Rita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahaha...Rita, fico muito feliz pelo carinho!!! Obrigada por estar presente há tanto tempo! Obrigada pela torcida!!! Um beijo pra vc e boa viagem!!!

      Excluir
  5. Tá quase, tá chegando!
    Fico sempre acompanhando no celular ou aqui pra ver se nasceu.
    Mas se tem uma coisa que devemos respeitar é o tempo de cada bebê. Então a ansiedade vem para dar uma atrapalhada, mas com calma, o tempo certo chegará!

    ResponderExcluir
  6. Myriam,
    nossa, vivi com você esse momento!! É tudo tão grande e intenso: a barriga, o cansaço e as dores por um lado; o alívio, a expectativa e a alegria por outro! Quero que o Universo te ampare nesse momento único, junto com sua família. Boa sorte nessa nova aventura! Beijos com muito carinho!

    ResponderExcluir

Palpite à vontade

Layout por Xiricutico.blogspot.com para uso exclusivo de Myriam. Proibida a cópia!
Tecnologia Blogger