Páginas

Filhos: a oportunidade de renascer

|

 Perdi a conta de quantos depoimentos já li de mulheres que se transformaram com a chegada dos filhos. Algumas mudaram de profissão, outras optaram pelo home office, muitas pararam de trabalhar, tem as que mudaram o corte de cabelo ou tingiram, muitas deixaram a vaidade de lado por falta de tempo ou por escolha e tem as que continuaram iguaizinhas por fora, mas por dentro, quanta diferença. Seja qual for a mudança, o fato é que a chegada de um filho é transformadora. A mulher que dá à luz tem a oportunidade de fazer o seu próprio (re)nascimento. Eu mesma olho para trás e vejo a drástica mudança que sofri, fisica e emocionalmente. Mudaram as prioridades, as vontades, os desejos, os medos, os gostos, a profissão, os horários, os sonhos, alguns valores, o olhar para o outro e para o mundo, a audácia, as preocupações, o motivo de sorrir e de chorar, os cabelos, o corpo, a pele, a alma. E tão bonito quanto ver e sentir a mudança em si mesmo, é poder acompanhar a mudança de quem a gente gosta muito e sempre esteve na torcida para que quando a maternidade chegasse a sua porta, fosse tão reveladora quanto foi para mim. A gente se conhece há quase 20 anos e foram tantas e tantas as coisas que dividimos que um post jamais seria suficiente. Estão todas elas guardadas na memória e no coração. O momento que agora dividimos é o mais belo de todos. Porque agora, K, você vai compreender o amor de que tanto falo, o cansaço de que tanto reclamo, as chateações misturadas com o "mas eu amo meu filho, viu?!", as preocupações bobas, o não praquele happy hour, o adeus ao nosso escritório, a eterna falta de tempo, o choro sem causa, a culpa que tanto me assola, a vontade de ser a melhor mãe possível. Lia, ainda na barriga, já foi capaz de fazer tantas mudanças que é impossível não perceber que o seu renascimento já começou mesmo antes de parir. Lia, que já estava em nossas conversas de adolescencia, apesar do nome singelo, vem com a força de quem sabe a que vem. Vem para tranformar. Tranformar Kátia em mãe, Daniel em pai, casa em lar. Lia, quando  você chegar, tem um mundo inteiro para você transformar, porque os filhos fazem isso, transformam tudo, porém, para melhor.
Com amor, aos amigos (irmãos) K e Dani.


18 comentários:

  1. Meu Deus! Que coisa mais linda!!! To aqui chorando de felicidade! Obrigada, My! Por tudo! Vc não sabe o quanto sua experiência me abriu caminhos. Você sempre bem com as palavras e a sensibilidade e sabendo se reinventar e ficar melhor a cada dia como mãe, amiga, esposa, profissional...Tem toda a minha admiração! Hoje esse sonho se realizando tem muito da sua participação às vezes direta e indireta! Teremos muitos momentos pela frente! Ainda mais felizes em compartilhar com os nossos queridos. Te amo. Lia te ama também. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí quem chora sou eu!! Muitas lembranças mas Dan e Lia serão sempre a melhor parte de nós! Amo vcs tb!! Bjs!!

      Excluir
  2. muita coisa mesmo, e o amor só aumenta
    como é difícil ser mãe e ao mesmo tempo doce
    me transformei duas vezes, antes de vim o segundo pensei
    que tava toda transformada enganei-me

    Lindo Dia
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo o que vc disse! Tb acredito que a cada filho uma nova transformação acontece! Bjs e otima semana

      Excluir
  3. É sem dúvida um renascimento. Um despertamento para uma beleza da vida que a gente não vida antes de gerar. É um amor sem fim. Até falei sobre isso lá no meu blog tbém.. lindo post! bjs Camila Vaz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Camila!! Também vejo assim...um grande despertar..Bjks!!

      Excluir
  4. Lindas suas palavras.
    Deus abençoe vocês com esse lindo dom de ser pai e mãe que tanto amam seus filhos.
    E é isso... o amor transforma!



    Abraço.
    AnaVi
    filhadejose.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa que dedicatória linda! Realmente é tudo isso! Muda... muda muito e para melhor! A gente amadurece e cresce muito como pessoa. Uma experiência incrível. Um amor incontrolável e que nos dá asas / forças para fazer tudo por eles. E nós todas juntas caminhamos... Beijos, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Celi! Filho dá asas mesmo!! A gente cria essa força/coragem que antes achávamos não possui! Os filhos nos revelam!! Bji grande!!

      Excluir
  6. Faz todo sentido.... nenhuma mulher permanece a mesma de antes da maternidade, por menor que seja o impacto desta vidinha em nosso colo (e olha que, geralmente, o impacto é graaaande).

    Deus abençoe os seus amigos e que a Lia seja só motivo de alegria na vida desta família!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino vc...tantas mudanças nesses últomos 4 anos...inclusive, indiquei seu blog pra mãe da Lia..ela também está em busca do parto! E assim como vc, está trilhando um lindo caminho!!
      Bjks!!

      Excluir
  7. Que lindo, Myriam! Nossa, em 3 meses como já vejo que mudei bastante com a maternidade. Parabéns para a nova mamãe Kátia!
    Beijos, Rita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rita!! É um turbilhão né não?! Até assusta!! Mas é muito bom!! Bjão

      Excluir
  8. Que texto emocionante! Tbm já li muitos relatos sobre as mudanças que a maternidade traz, mas o melhor, sinto a mudança em mim e, como você bem citou, a mudança vai do físico ao emocional. É um amor diferente que nos desperta para um novo ser.
    Que Lia chegue cheia de saúde e ilumine a vida do casal com muitas alegrias!!
    Beijos,
    Larissa Andrade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Larissa!! Bjinhos pra vc e Milena!!

      Excluir
  9. Que lindo My.
    Katia e eu participamos do mesmo grupo no face e estamos com o mesmo tempo de gestação. Bacana ver esses elos da blogosfera, o mundo parece muito menor.
    Por aqui me sinto a cada dia mais diferente, são muitas mudanças físicas, mas as psicológicas e emocionais, nossa! Tem dias que isso acaba comigo, outros me faz levantar. Viver um dia de cada vez, mas sem deixar de pensar no momento em que Helena estará aqui fora.
    Quantas transformações que se iniciam com um simples desejo.
    Bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mundo pequeno mesmo, Tami!!!!! Acho bem legal o grupo de vcs. Ela sempre me conta que é um ótimo apoio!!! E é bem isso, tem dias e dias...tem aqueles que são a treva e o outro é só alegria...e a gente vai se transformando cada vez mais!! Bjks

      Excluir

Palpite à vontade

Layout por Xiricutico.blogspot.com para uso exclusivo de Myriam. Proibida a cópia!
Tecnologia Blogger