Páginas

Namorar nas férias, comofaz?!

|

Opa, que hoje a temperatura subiu no blog...rsrsrsrsrsrsrsrsrs
A gente sempre fala que tudo muda após a chegada dos filhos, principalmente no que diz respeito à vida conjugal. Acredito que há um verdadeiro reencontro do casal e novas regras passam a emoldurar a relação. E se no dia a dia, a gente já tem que rebolar para conseguir o tal momento a dois, nas férias, meus caros, é quase uma gincana! É preciso bom humor e leveza pra lidar com a NÃO possibilidade do namoro por várias vezes, pelo menos pras familias que optam por viajar sem ajuda de terceiros...e aqui não vou falar de prós e contras, mas, nossas viagens com o Dan são sem ajuda. Já tivemos a experiência de levar babá e não gostamos, então, somos nós três e ponto. Não digo que desta água não voltarei a beber (nunca se deve dizer nunca), porém, não está nos planos. Enfim, as nossas férias renderam momentos hilários no quesito "como ter um momento a sós". Cada soneca do Dan dentro do carro rendia olhares cabisbaixos nossos, pois pensávamos: "já era..vai dormir tardão" ou, quando, finalmente, conseguíamos colocar o Dan pra dormir cedo, abríamos um vinho, musiquinha tocando, super climão, masss, Dan começava a chorar por conta de um pesadelo e lá íamos acalentá-lo e o clima ficava mais frio que os ventos que andavam soprando em New York! Rá! Tal qual a lei de Murphy em que o pão só cai com a manteiga virada pra baixo, assim foram várias das nossas tentativas de esquentar o clima nas férias, sem falar de uma quase queda na banheira e um porta-toalhas quebrado, o que ocasionou corte de clima por risadas intermináveis. E foi assim, entre tombos, prejuízos materiais, cansaço, pesadelos e choros, que namorar nas férias foi missão quase impossível! Ainda bem que somos brasileiros e sempre damos um jeitinho, né?! ;P


14 comentários:

  1. Ééééééééééééééé... As coisas vão tomando seu ritmo... Ou nós também nos adaptamos ao ritmo... É como andar na corda bamba, né? HAHAHA Como eu sempre digo, mãe é mãe, mas é esposa, é humana, é mulher, é tudo. HAHA Me senti agora num S** Shop e no balcão pedindo algo para apimentar a coisa nesses dias de maternidade e paternidade intensa. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHAHAHAHAHA...eu acho que a gente se adapta e por isso falei em reencontro. Porque é uma brusca mudança na vida do casal. Antes só tínhamos um ao outro e toda hora era hora...com filhos, tudo muda! Mas acho que se houver cumplicidade de ambos, a relação se torna muito melhor!! A vida a três ou mais não se torna um problema e sim amor multiplicado! Basta querer!!

      Excluir
  2. Huuuummm dona Myriam sapequinha... kkkkk
    Todos nós sabemos muito bem o que é isso, tem que rebolar muito para dançar conforme essa música. Semana passada tivemos o nosso momento, tudo conspirando a favor... de repente alguém começa a rir na babá eletrônica. A pelota acordou e ficou brincando no berço.
    Era do gelo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a referência à Era do gelo!! HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...não será a última da sua vida!! HAHAHAHAHAHAHAHAHA

      Excluir
  3. Verdade, nas férias é quase impossivel! Nós tambem preferimos viajar sem ajuda externa, então é aí que a coisa fica mais "emocionante"...,mas é como vc diz, além de brasileiro dar um jeito, não desistimos nunca! hahaha...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desistir JAMAIS!!! HAHAHAHAHAHAHAHAHA
      Bjks, Jú!!

      Excluir
  4. Muito bom!! Acho que o ditado "qualquer semelhança é mera coincidência" é bem comum na vida dos pais, todos se entendem...kkkkkkkkkkkkkk
    Não desistir, mesmooo! adorei!
    Beijos,
    Larissa Andrade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahahahaha pois é, Larissa!! Sei que quem é pai ou mãe entende beeeem esse post!! Hahahahahahahaha
      Beijão pra vcs!!

      Excluir
  5. amiga ti falou engraçado graças a Deus mesmo que somos brasileiros
    aqui também foi difícil
    mais como a mais velha foi
    passar uns dias na casa do mano
    deu uma aliviada kkkkkkkkkkk
    linda tarde Nanda
    beijokas
    Sendo a mãe da Isa e da Gabi
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que sempre digo, a gente dá um jeito! Rsrsrsrsrs

      Excluir
  6. Uuuuuiii! Namorar é sempre bom! Myriam, por aqui ainda não temos o probleminha de ter os filhos, mas já passamos por momentos engraçados na casa dos meus pais e na cabana da família do meu marido, que fica no Estado de Maine, no meio da floresta, sem água encanada, privacidade quase zero, com a minha sogra a tira colo. Ah, mas dá-se um jeitinho brasileiro - meu marido gringo também está se abrasileirando, hehehe!
    Beijos, Rita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sogra a tira colo é puuuunnnkkk!!! Hahahahahaha
      Mas sempre é possível!! Hahahahahahahaha

      Excluir
  7. Myriam é complicado esse negócio de namorar com filhos, ainda bem que o trio já dorme a noite toda (infelizmente dormem bem tarde), ai em casa o problema é o cansaço, quando elas dorme já estamos quebrados, espero com a rotina da escola elas durmam mais cedo e as coisas melhorem, mas nas viagens elas ficam no nosso quarto, ai namoro é feito com mais emoção, kkkk, criatividade é tudo nessa hora.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Posso imaginar a aventura!! HAHAHAHAHAHAHAHA

      Excluir

Palpite à vontade

Layout por Xiricutico.blogspot.com para uso exclusivo de Myriam. Proibida a cópia!
Tecnologia Blogger